Coming Soon: Sonic The Hedgehog Chaos

Sonic The Hedgehog Chaos

Sega Master System

Coming soon é a categoria que diz a próxima review que farei, e quando acabar a review o post do coming soon desaparecerá.

A minha próxima review será do jogo Sonic The Hedgehog Chaos, conhecido como Sonic & Tails no Japão e Sonic Chaos nos E.U.A.

Fiquem atentos e subscrevam!

Publicado em Coming Soon | Deixe o seu comentário

Sega Master System Review: Sonic The Hedgehog 2

Sonic The Hedgehog 2

Sega Master System

Olá a todos! Hoje vou falar do jogo Sonic the Hedgehog 2, a sequela do primeiro Sonic the Hedgehog da Sega Master System. Esta versão é totalmente diferente do jogo Sonic the Hedgehog 2 da Sega Mega Drive, por isso nada que vão ver faz parte do jogo, sem contar com os aspectos já conhecidos dos jogos Sonic the Hedgehog como os anéis, monitores, etc.

Detalhes

Este jogo saiu para a Sega Master System e para a Sega Game Gear (um pouco diferente desta versão) antes da versão da Sega Mega Drive, em 1992. Os criadores mudaram, sendo agora a equipa da empresa Aspect Co. Ltd. a tratar da concepção deste jogo. De novo o objectivo do jogo consiste no jogador ter que chegar ao fim dos niveis (chamados actos) usando toda a sua habilidade para ultrapassar várias armadilhas, saltar plataformas, encontrar as Chaos Emeralds (Esmeraldas do Caos) e derrotar os bosses, ganhando a maior quantidade de pontos possivel. O jogo contém um final alternativo, velocidade aumentada, terrenos menos lineares e sem rampas, gráficos melhorados, musica totalmente nova e uma dificuldade mais elevada comparado com o original. Este jogo é a estreia da personagem Miles “Tails” Prower ( Uma piada a Miles per hour, e Tails é a sua alcunha) , uma raposa de duas caudas que se tornou o melhor amigo de Sonic.

Enredo

O doutor Ivo Robotnik (conhecido como Eggman no Japão), volta a raptar os animais de South Island para criar robôs, denominados Badniks, a fim de dominar o mundo. Sonic, acabou de voltar de umas férias que tirou depois de salvar a ilha a primeira vez, e quando chega depara-se com uma ilha vazia, e uma carta do seu amigo Miles “Tails” Prower a dizer que foram todos raptados pelo malvado doutor e que ele só seria solto se Sonic trouxesse as 6 Esmeraldas do Caos para o seu território. De novo Sonic vai percorrer a ilha inteira salvando os seus amigos de se transformarem em robôs e encontrar as Esmeraldas do Caos, a fim de salvar o seu amigo de duas caudas.

Jogo

O jogo tem 7 zonas, com 3 actos cada uma, sendo o ultimo acto uma batalha contra um dos bosses criados pelo Dr. Robotnik. Perde-se uma vida cada vez que o Sonic cair num abismo, demorar 10 minutos a completar o nivel ou ser atingido por um inimigo, projectil hostil, armadilha, ou cair em espinhos sem ter nenhum anel. Para o jogador ganhar mais vidas, tem de encontrar monitores de 1up, apanhar 100 anéis(sempre que o número de anéis passa do 99 passa para o 0) , calhar a cara do Sonic na tabuleta no final de cada acto.

Em cada acto o jogador encontra anéis, monitores com diversos power-ups, e escondidas nos primeiros ou segundos actos de cada zona, estão as Esmeraldas do Caos, conhecidas no mundo do Sonic pela sua grande relevância no enredo. Existem 6 no total, uma por cada zona, sendo que a ultima não está escondida mas sim guardada, e só pode ser desbloqueada com certas condições. Ter todas as esmeraldas desbloqueia um final diferente.

As maiores diferenças deste jogo para o seu predecessor, são a habilidade do Sonic voltar a apanhar anéis que perdeu sempre que é atingido, a ausência de monitores com escudo para o proteger, monitores de checkpoint, para quando o jogador perder, voltar para onde apanhou o checkpoint e níveis bónus para apanhar continuações, sendo estas agora um prémio no caso de calhar a cara do Tails na tabuleta de final de acto ou apanhar o monitor “secreto” com o Sonic a correr, só existindo um no jogo inteiro, finalizando com a falta também das vidas que se ganha quando se atinge os 50000 pontos.

Controlos

  • Esquerda ou direita no D – pad para andar e correr.
  • Baixo no D-pad para abaixar, deixar premido abaixa um pouco a câmara.
  • Cima no D-pad para subir um pouco a câmara.
  • 1 ou 2 para saltar, e enquanto ele se move, carregar baixo faz com que ele rodopie, destruindo os inimigos ou monitores no caminho, tambem aumentado a velocidade dele nas descidas.

Monitores

Os monitores contêm vários power-ups uteis para o jogador, alguns estando bem à vista e outros escondidos. Para apanhar estes monitores, o Sonic tem de saltar em cima deles ou usar o rodopio.

Anéis

Monitor com a imagem de um anel. Este monitor dá 10 anéis ao Sonic.

Invencibilidade

Monitor com a imagem de 3 estrelas. O Sonic fica coberto de estrelas e não sofre dano com nada, destruindo todos os Badniks em ele que toca.

1up

Monitor com a imagem da cara do Sonic. Dá uma vida extra.

Speed Shoes

Monitor com a imagem de um sapato igual ao do Sonic. Aumentam a velocidade do Sonic, fazendo com que ele fique super rápido. Nota: Só existem no segundo acto da Aqua Lake Zone!

Continue

Monitor com a imagem do Sonic a correr. Dá ao jogador mais uma continuação, assim no caso dele perder todas as vidas e fizer Game Over, pode continuar o jogo na mesma zona e no mesmo acto em vez de ter de recomeçar o jogo todo de novo. Nota: Só aparece no segundo acto da Crystal Egg Zone!

Chaos Emeralds

Um dos objectivos deste jogo é encontrar estas pedras, que estão espalhadas pela South Island. Existe uma em cada zona, sempre no segundo acto, e podem estar muito bem escondidas ou apenas em locais difíceis de alcançar, e a da ultima zona só pode ser obtida se o jogador cumprir certos requisitos. Conseguir todas garante a entrada no ultimo nível e o Good Ending.

Tabuletas

Esta tabuleta indica o final do acto. Depois do Sonic se aproximar, ele já não pode voltar atrás, deixando-o incapaz de apanhar coisas que não tenham sido encontradas. Ao tocar na tabuleta, esta começa a girar e quando pára mostra uma das seguintes imagens, cada uma com seu próprio efeito especial. Neste jogo os prémios custam muito mais a aparecer, pois eu já jogo desde que tinha os meus 7 anos e não me lembro de alguma vez na minha vida ter aparecido o painel “Tails”, e o painel “Sonic” já é bem mais raro.

Robotnik

Tabuleta com a imagem da cara do Robotnik. Não tem qualquer efeito especial.

Anéis

 Tabuleta com a imagem de um anel. Dá mais 10 anéis.

1up

 Tabuleta com a imagem da cara do Sonic. Dá uma vida extra.

Tails

Tabuleta com a imagem da cara do Tails. Dá ao jogador mais uma continuação.

Zonas

Zona 1Underground Zone

A primeira zona, passada numa mina(?) com lava por todo o lado.

Sendo diferente das primeiras zonas dos outros jogos, pois não se passa no meio duma colina verde e linda mas sim num ambiente de pedra fria e lava incandescente. O nível em si contém dois modos, fácil se forem por cima, difícil se forem por baixo. Por cima só devem apanhar picos e badnicks, enquanto que por baixo têm lava e bolas de fogo que saem dela, à lá Super Mario Bros. Os gimmicks apresentados são o da “rampa de lançamento” como no primeiro Sonic, o carrinho de mina que torna o Sonic invencível enquanto estiver dentro dele e as pedras que dá para destruir quando o jogador faz o spin no chão.

Os inimigos são um pouco simples, começando com caranguejos que andam para a esquerda e direita até pararem e atiram bolas de energia com movimento em arco, camaleões que aparecem do nada e disparam um projéctil com movimento horizontal, e um bicho que simplesmente passeia pelo chão a velocidades aleatórias. Só existem dois tipos de armadilhas, cada uma com uma variante. A primeira armadilha são picos, e a sua variante são os picos que caem do tecto. A outra armadilha é a lava, com bolas de fogo a sair verticalmente de lá como vertente. A esmeralda desta zona é simples de se encontrar, não pedindo esforço mas sim reflexos.

Acto 1

Acto simples para o jogador se habituar aos controlos e à mecânica do jogo, nada de especial pois as armadilhas são fáceis de se evitar e o existem anéis por todo o lado.

Acto 2

Exactamente como o acto 1, apenas menos lava e uma esmeralda escondida.

Acto 3

Este acto tem uma das partes mais ridículas de todos os Sonic. há uma parte onde o jogador vai morrer por cair na lava e o Dr. Robotnik aparece, salvando-o e levando-o para a “arena” onde se encontra o boss… ele não queria que o seu inimigo morresse ás mãos da natureza então salvou-o? Oh vá lá… Continuando, o boss não é nada de difícil, estão sempre a cair umas bombas que não podem tocar no Sonic, e se o Sonic deixar-se ir muito para baixo é “comido” pela máquina que está no fundo.

Zona 2Sky High Zone

O nome e a imagem não enganam, muito. Esta zona é passada no topo de montanhas, com muitas nuvens e… sim… asas-delta.

O nível é básico, com um primeiro acto sendo uma subida e uma introdução há asa-delta, e o segundo um nível inteiro sempre em frente, podendo o jogador escolher ir pelas nuvens, voar com a asa-delta ou simplesmente ir a pé pelas montanhas. Os Gimmicks apresentados são a asa-delta, servindo para o jogador planar pelos céus e as molas-nuvem, que são nuvens pequenas que servem como molas, mesmo que o jogador não saiba que são.

Só existe um tipo de armadilha, os picos. o inicio do primeiro acto tem as pontes que caem como no primeiro Sonic, e nada mais. Os badniks desta zona são dois. Uma tartaruga que roda e voa, e o camaleão da primeira zona, nada de especial. A esmeralda por sua vez já é mais complicada, pois existem duas maneiras de a apanhar, e apesar de uma ser mais difícil que a outra, são ambas complicadas à sua maneira.

Acto 1

 O primeiro acto deste nível é passado a subir as montanhas, encontrando a primeira asa-delta deste jogo, que funciona com o jogador a carregar para a frente, fazendo o Sonic inclinar-se para a frente e fazer a asa-delta mergulhar para depois carregar para trás e ele puxar a asa-delta a fim de levantar e planar.

Acto 2

Este acto é simplesmente ir para a frente e não cair nos espinhos. O Gimmick da asa-delta é encontrado frequentemente aqui, tendo uma ajuda do vento, demonstrado pelas penas(?) a voar na diagonal para cima.

Acto 3

Este acto começa com saltos pelo topo das montanhas, até chegar ás nuvens, onde o Sonic encontra 4 pássaros robôs pequenos, que depois de destruídos fazem com que o Sonic caia e encontre o seu ninho. Depois de destruir os ovos aparece a mãe que ataca com uma esfera de energia que se move sempre na direcção do Sonic, alternando a altura consoante a altura dele. É mais difícil chegar a ele que propriamente matá-lo.

Zona 3Aqua Lake Zone

A única zona deste jogo onde nos podemos mover na água, Aqua Lake é aquela zona que vai irritar o jogador devido aos “puzzles” ou má visibilidade na água. Os gimmicks deste nível são bem variados, começando com loopings, seguido do Sonic fazer “peixinho” no topo da água caso rodopie e tenha uma boa velocidade antes de bater na água, depois no segundo acto há os “tubos” onde o Sonic viaja a rodopiar e para finalizar a bolha, onde o Sonic flutua para chegar a zonas mais altas.

Os inimigos desta zona são os caranguejos, e os lagostins que vão atrás do Sonic um pouco e depois recuam. As armadilhas são lanças que se projectam vertical ou horizontalmente, espinhos e o perigo de afogar. Esta é a única zona onde se pode apanhar os sapatos de velocidade. A esmeralda está escondida num local que se o jogador não souber ir para lá, pode escapar-lhe a oportunidade e nunca mais ir lá.

Acto 1

Como se pode notar, o Sonic está a fazer “peixinho” na água, e a visibilidade lá dentro é má como se vê no ícone de vidas. Este nível tem o primeiro looping onde se demonstra as melhorias na velocidade comparado ao primeiro Sonic, mas a gravidade na água é brutal principalmente se o Sonic for atingido.

Acto 2

O nível começa fora de água, mas mal o Sonic desce um pouco ele entra dentro de água (apesar de não se notar a transacção por imagem, mas sim por movimento) e aí começam os problemas, desde espinhos por todo o lado, caranguejos e lagostins ao ataque, lanças e para piorar o Sonic pode afogar-se se não apanhar uma bolha de ar, pequena ou grande. O gimmick dos “tubos” pode confundir e conduzir o Sonic para longe de power-ups e para ele se controlar, o jogador tem de carregar na direcção que ele quer ir sempre que houver uma intersecção no caminho, e em certos sítios, conduzir a bolha grande é um desafio.

Acto 3

O acto em si não é nada de especial, o “problema” é o boss. Não é difícil se o jogador souber como o atacar, visto que ele é imune a qualquer ataque. Como podem ver na imagem, é uma foca robotizada que brinca com o Sonic como se fosse uma bola. Ela tem um ataque que não é nada de especial, ela incha o seu nariz e transforma-o numa bomba, arremessando-a contra o nosso herói.

Zona 4Green Hills Zone


Sim, está bem escrito o nome da zona. Basicamente esta é uma zona a imitar a clássica Green Hill Zone do primeiro jogo, excepto que a arte foi acomodada para algo menos “tropical” e é um pouco mais fast-paced. O único gimmick novo é o das plataformas que se movem, mas se for preciso nunca as vêm porque o nível é simplesmente correr e saltar sem parar e usar molas. Contém também loopings e rampas de lançamento.

As armadilhas são os picos e nada mais, e como badniks temos os bichos da velocidade aleatória, os caranguejos e os camaleões, só faltando a abelha para fazer os badniks todos da Green Hill original. A esmeralda está semi-escondida, mas se o jogador a encontrar não lhe deverá custar muito descobrir como lá chegar.

Acto 1


Não há muito que se possa dizer. Correr, matar badniks, apanhar anéis e vidas, não cair em picos, o acto é super simples e é esquisito estar como quarta zona.

Acto 2

Mesma coisa que o primeiro acto, apenas tem mais zonas de molas e picos, que por si só não são nenhum bicho-papão.

Acto 3


Gostaram de acumular vidas nos primeiros actos? Boa, porque vão perdê-las aqui. Lutar contra o boss não é o lado mau, o lado mau é mesmo chegar a ele. O acto começa com zonas de picos e molas, chegando a uma parte em que falhar o salto é morte instantânea e o jogador nem sabe bem onde tem de aterrar. Ao chegar ao boss, o jogador depara-se com um porco lutador de Sumo, que se transforma numa bola incandescente e faz 3 movimentos diferentes. Ou vai sempre em frente voando por cima da fenda, ou salta por cima da fenda, ou para finalizar desce e sobe a fenda. Apesar de não ser muito rápido, basta estar numa má posição e acabou-se.

Zona 5Gimmick Mountain Zone

Gosto tanto da palavra gimmick que até fizeram um nível para eles. Gimmick Mountain é uma mistura tecnológica de quase todos os gimmicks do jogo, menos os loopings e os gimmicks da água. O nível contém “tubos”, rampas de lançamento, plataformas flutuantes, carrinhos das minas, e ainda adiciona as passadeiras rolantes, chão que funciona como passadeira rolante e os discos lançadores.

Os inimigos são todos novos, desde um clone do burrowbot, aquele robô toupeira da Labirynth Zone do primeiro jogo, uma criatura estranha que salta dum lado para o outro de vez em quando e a bomba da Sky Base Zone também do primeiro jogo, que quando o Sonic se aproxima, ela explode e solta 4 projecteis com movimento em arco (ao contrário dos 2 que ela lançava no primeiro) . As unicas armadilhas são os picos, existindo montes deles pelo nível, virados para todas as direcções. A esmeralda é super difícil de se encontrar, pois está escondida algures num local não visível que ninguém se daria ao trabalho de procurar ou encontrar acidentalmente.

Acto 1


Muita ênfase nos discos lançadores, que funcionam com o jogador a carregar na direcção para onde o disco roda e quando a velocidade estiver boa o jogador carrega no botão de salto mal o Sonic comece a curvar para cima para sair disparado, e nos carrinhos de minas, não é nada de complicado. É um pouco labirinto na primeira vez que se joga.

Acto 2

Mudança de foco, desta vez o jogador passa mais tempo em passadeiras rolantes e plataformas flutuantes com mais picos à espreita.

Acto 3


O acto começa com o jogador a passear por tubos, seguido duma zona de passadeiras rolantes e depois um semi-puzzle com uma plataforma flutuante, onde falhar pode custar uma vida. O boss é simples, o único ataque dele é ir contra a parede contraria à onde eles está, e quando ele bate nela caem pedregulhos que podem acertar no Sonic e matá-lo.

Zona 6Scrambled Egg Zone

Sim, é a zona dos ovos mexidos… situada algures numa caverna(?) azul com musgo a servir de relva. Como a imagem demonstra, o gimmick mais usado aqui são os tubos, muitos tubos, e puzzles irritantes com tubos. Também existem muitas plataformas flutuantes e algumas rampas de lançamento.

Os badniks são as bombas, os caranguejos e as tartarugas da Sky High Zone, e as armadilhas são… mais picos. A esmeralda deste nível, digamos que é uma surpresa.

Esta é a ultima zona do jogo se o jogador não tiver todas as esmeraldas anteriores.

Acto 1

Nada de complicado mesmo, pois falhar um tubo pode resultar em encontrar uma vida por acidente, e não existem muitas armadilhas.

Acto 2


E como na Green Hills Zone acto 3, as vidas apanhadas no acto 1 são perdidas aqui, porque ao contrário do anterior, aqui falhar uma entrada dum tubo pode levar o jogador para cima de uma fila enorme de picos, tirando os anéis e podendo tirar uma vida também. Mais há frente existe um semi-puzzle com tubos e uma plataforma super rápida onde o jogador tem de ter um timing impecável a entrar nos tubos e a sair ou então perde uma vida.

Acto 3


O “ultimo” boss caso certos requerimentos não sejam cumpridos. Antes de lá chegar o Sonic só tem de subir por tubos e molas até á arena. Ao chegar depara-se com o Silver Sonic, uma versão robótica do nosso heroi, que tem praticamente todos os seus movimentos. Ele enrola-se e salta ou desliza pela arena, e se o Sonic saltar contra ele ou rodopiar eles chocam e vão para lados contrários. Ele também ataca com uma pequena garra que lhe sai do peito e usa os seus sapatos a jacto para ir contra o Sonic a grande velocidade. Depois da batalha algo acontece dependendo do numero de esmeraldas que o jogador tem. Ou o jogador vê o Sad Ending, ou então vai para a ultima zona do jogo.

Zona 6 – Crystal Egg Zone

O ovo de cristal, uma zona linda que custa a acreditar que foi construída por um doutor maluco que gosta de robotizar animais indefesos. A zona não é dificil de todo, usando os gimmicks das rochas quebráveis, plataformas flutuantes e adicionando o gimmick dos discos lançadores mas desta vez eles são pequenos e não parecem discos, voando em movimento de onda num pequeno espaço.

As armadilhas são… mais picos, muitos mais picos, e umas coisas com espinhos que flutuam em movimento de arco em algumas partes, que podem apanhar o jogador desprevenido. Os inimigos são apenas peixes que voam pelo ar, não sendo exactamente maus, a não ser que o jogador tenha acabado de tocar numa mola vertical.

É a unica zona que tem a caixa secreta do Sonic a correr.

Acto 1

Picos, correr, saltar, destruir blocos, mais picos, molas e ainda mais picos. Este nível não se assemelha a um ultimo nível comum, pois é bastante fácil e o aspecto bonito não assusta ninguém.

Acto 2


Mesma coisa que o primeiro acto, apenas que este tem o gimmick dos discos lançadores especiais.

Acto 3


O ultimo boss original, finalmente. Claro que como é o original, é lixado, principalmente sem anéis. a arena está rodeada por um tubo deixando o Sonic invencível, claro que se ele tem de sair para poder acertar no boss. Os ataques dele são umas bolas de energia que parecem trevos, que começam a mover-se de maneira errática pela arena, fazendo com que sejam impossíveis de esquivar, e o numero varia de 2 para 5. Depois ele tem um que faz com que a zona fora dos tubos fique electrizada matando logo o Sonic se ele lá estiver, e por fim manda uns choques que saem da sua “cápsula” em direcção ao chão e deslizam por lá até caírem para os tubos e desaparecerem.

Este boss é difícil porque mesmo com um bom timing o jogador pode deparar-se com um choque, ou com um trevo que parecia já ter desaparecido. A maneira aleatória que ele lança os seus ataques também não ajuda nada.

Depois do jogador vencer, ele vai atrás do doutor (que mais uma vez é mais rápido que ele… vai-se lá saber) e ele escapa-se. O Sonic desespera pois não encontra o seu amigo mas eis que num momento o seu amigo Tails aparece e eles se reencontram, felizes.

Final


A parte dos créditos muda consoante o desempenho do jogador. Se ele não apanhar todas as esmeraldas e derrotar o Silver Sonic, durantes os créditos vemos o Sonic a correr sozinho e depois no fim ele olha para o céu e vê a imagem do seu amigo (não sabendo o que lhe aconteceu). Eu considero este o Sad Ending. Se ele apanhou todas as esmeraldas e derrotou o Robotnik na Crystal Egg Zone, salvando o Tails, então nos créditos vemos o Sonic a correr com o Tails a correr atrás dele e no fim vemos a imagem do Sonic mais o Tails no céu, e este é o Good (e canónico) Ending. Ao contrário do jogo anterior, não existe bónus de pontos nem nada do género.

Música

As musicas deste jogo são todas criadas pela Aspect Co. , e eu gosto delas todas. As musicas encaixam no ambiente e algumas até são bem memoráveis, como a da Scrambled Egg Zone. O “refrão” da musica da Green Hills Zone é mais tarde usado para o refrão da musica “You can do Anything”, a opening das versões europeia e japonesa do jogo Sonic CD para a Sega Mega CD. Os efeitos especiais são muito bons, nada parece estranho ou fora do sitio, e não dá cabo dos ouvidos, o que é o melhor de tudo.

Aqui estão alguns links para comparação:

Opinião Pessoal e Encerramento

Joguei este à imenso tempo pela primeira vez, e será sempre um dos meu favoritos para a consola.

O jogo é bem mais dificil que o anterior, devido á quantidade de zonas “cais e não podes sair” bem como mais armadilhas e zonas dificeis de fugir aos inimigos. Apesar de aparecerem imenso aneis e vidas, e o jogador poder voltar a apanhar alguns dos aneis que perde quando atingido, isso continua a não poder fazer-se nos bosses, o que torna sempre o esquema mais lixado.

Não tenho queixas quanto aos bosses, afinal são do tipo – Primeira vez que jogas, ui é lixado, quando já sabes, pfff. Mas mesmo assim os avançados ainda conseguem lixar o esquema ás vezes. Ainda me chateio mais é com os princípios dos actos 3, pois chegar ao boss começa mesmo a ficar mais difícil que derrotar o próprio boss, e não existem checkpoints.

Este jogo não contém nenhum glitch que me tenha apanhado de desprevenido, fazendo com que o jogo seja inacabável ou fazendo-me perder de maneira idiota, apesar de odiar não conseguir controlar o boneco depois de levar com um projéctil ou lança debaixo de agua e ir sempre parar aos picos que lá estão perto. Para piorar, os inimigos e armadilhas fazem respawn, ou seja, voltam a aparecer mal o Sonic se afaste um bom bocado.

A arte é muito boa, nada se mistura no background ou parece o que não é, mas nota-se que há alturas em que alguns objectos chocam, como podem ver na imagem da Scrambled Egg Zone, os tubos têm o sombreado ao contrário, mas isso não incomoda o fluir do jogo, culpando apenas o cartucho por não ter mais memória.

Gostei do final, que ao menos adiciona mais valor ao jogo porque assim o jogador vai voltar a jogar para conseguir um final melhor, porque só acabar o jogo uma vez depois não tem piada, até porque este jogo está cheio de segredos.

Quanto á versão Sega Game Gear deste jogo, digo o mesmo que disse sobre o Sonic 1. Um dia faço uma review dela e meto as diferenças que tem em relação a esta versão (esse dia será quando eu comprar uma Sega Game Gear e o jogo).

Aqui está a minha review do jogo Sonic the Hedgehog 2 para a Sega Master System. Espero que tenham gostado e que tenha sido informativa, despoletando interesse para procurar e jogar o jogo. Aconselho a jogarem o jogo no hardware original, para a experiência máxima que o jogo pode dar.

Por favor, qualquer critica que tiverem quanto à minha escrita, erros, falta de informação e etc. , coloquem nos vossos comentários a fim de melhorar as minhas capacidades como reviewer. Agradecimentos adiantados a todos.

Agradecimento á Raquel Mendes, que me ajudou na edição do texto, na edição das imagens e mais uma vez, com o design deste blog. Vejam o blog dela! – > http://otakumakeupgames.blogspot.com/

Até á próxima review! Later people! Cumprimentos!


Publicado em Reviews, Sega Master System | 1 Comentário

Sega Master System Review: Sonic The Hedgehog

Sonic The Hedgehog

Sega Master System

Olá a todos! Hoje vou falar do jogo Sonic the Hedgehog, não da versão super conhecida da Sega Mega Drive, mas sim da versão para a consola 8 bit da Sega, a Sega Master System.

Detalhes

Este jogo saiu para a Sega Master System e para a Sega Game Gear(um pouco diferente desta versão) depois do original da Sega Mega Drive, sendo distinto dele principalmente na física. Criado no ano de 1991 por Shinobu Hayashi (Programador), Ayano Koshiro e Takefuni Yunoue (Design), é um jogo de plataformas simples, em que o jogador tem que chegar ao fim dos niveis(chamados actos) usando toda a sua habilidade para ultrapassar várias armadilhas, saltar plataformas, encontrar Chaos Emeralds(Esmeraldas do Caos) e derrotar os bosses, ganhando a maior quantidade de pontos possivel. O jogo contém um final alternativo, gráficos agradáveis, boa musica e uma dificuldade moderada, tudo o que se pode pedir num bom jogo de plataformas.

Enredo

O doutor Ivo Robotnik(conhecido como Eggman no Japão), planeia usar os animais de South Island para criar robôs, denominados Badniks, a fim de dominar o mundo. Sonic, um ouriço azul que corre á velocidade do som, vai percorrer a ilha inteira salvando os seus amigos desse destino e encontrar as Esmeraldas do Caos, usando o seu poder para limpar a ilha da poluição causada pelas fábricas de Badniks, estragando os planos ao malvado doutor.

Jogo

O jogo tem 6 zonas, com 3 actos cada uma, sendo o ultimo acto uma batalha contra o Dr. Robotnik. Perde-se uma vida cada vez que o Sonic cair num abismo, demorar 10 minutos a completar o nivel ou ser atingido por um inimigo, projectil hostil, armadilha, ou cair em espinhos sem ter nenhum anel. Para o jogador ganhar mais vidas, tem de encontrar monitores de 1up, apanhar 100 anéis(sempre que o número de anéis passa do 99 passa para o 0) , calhar a cara do Sonic na tabuleta no final de cada acto, ou por cada 50000 pontos ganhos.

Em cada acto o jogador encontra anéis, monitores com diversos power-ups, e escondidas nos primeiros ou segundos actos de cada zona, estão as Esmeraldas do Caos, conhecidas no mundo do Sonic pela sua grande relevância no enredo. Existem 6 no total, uma por cada zona, e desbloqueiam um final diferente, tambem dando uma boa quantidade de pontos no final do jogo.

Existem niveis especiais de bonus, denominados special stages, que servem para ganhar vidas, pontos e continuações.

Controlos

  • Esquerda ou direita no D – pad para andar e correr.
  • Baixo no D-pad para abaixar, deixar premido abaixa um pouco a câmara.
  • Cima no D-pad para subir um pouco a câmara.
  • 1 ou 2 para saltar, e enquanto ele se move, carregar baixo faz com que ele rodopie, destruindo os inimigos ou monitores no caminho, tambem aumentado a velocidade dele nas descidas.

Monitores

Os monitores contêm vários power-ups uteis para o jogador, alguns estando bem à vista e outros escondidos, pois esses são os mais valiosos. Para apanhar estes monitores o Sonic salta em cima deles ou usar o rodopio. No caso de estarem em posições altas, o Sonic pode saltar contra eles para cairem no chão.

Anéis

Monitor com a imagem de um anel. Este monitor dá 10 anéis ao Sonic.

Escudo

Monitor com a imagem de um escudo branco. Protege o Sonic contra danos, perdendo o escudo em vez dos anéis que ele possui. Depois do impacto ele não fica temporariamente invencivel, podendo sofrer mais danos se cair em cima de outra armadilha ou inimigo.

Speed Shoes

Monitor com a imagem de um sapato igual ao do Sonic. Aumentam a velocidade do Sonic, fazendo com que ele fique super rápido.

Invencibilidade

Monitor com a imagem de 4 estrelas. O Sonic fica coberto de estrelas e não sofre dano com nada, destruindo todos os Badniks em ele que toca.

1up

Monitor com a imagem da cara do Sonic. Dá uma vida extra.

Checkpoint

Monitor com a imagem de uma seta. Cria um checkpoint, assim se o jogador perder, vai aparecer naquela posiçao em vez de ir para o inicio do acto. Caso o jogador perca, tem de voltar a destruir o monitor senão o checkpoint desaparece. Só existe um por acto.

Continue

Monitor com a imagem das letras CONT. Dá ao jogador mais uma continuação, assim no caso dele perder todas as vidas e fizer Game Over, pode continuar o jogo na mesma zona e no mesmo acto em vez de ter de recomeçar o jogo todo de novo. Só aparecem nos niveis especiais.

Chaos Emeralds


Um dos objectivos deste jogo é encontrar estas pedras, que estão espalhadas na South Island. Existe uma em cada zona, no primeiro ou segundo acto, e podem estar muito bem escondidas ou apenas em locais difíceis de alcançar. Conseguir todas garante o good ending do jogo. Tambem valem imensos pontos cada uma, mesmo que a pontuação só seja adicionada na contagem final de pontos depois do boss final.

Tabuletas

Esta tabuleta indica o final do acto. Depois do Sonic se aproximar, ele já não pode voltar atrás, deixando-o incapaz de apanhar coisas que não tenham sido encontradas. Ao tocar na tabuleta, esta começa a girar no ar e quando aterra mostra uma das seguintes imagens, cada uma com seu próprio efeito especial.

Robotnik

Tabuleta com a imagem da cara do Robotnik. Não tem qualquer efeito especial.

Anéis


Tabuleta com a imagem de um anel. Dá mais 10 anéis.

1up


Tabuleta com a imagem da cara do Sonic. Dá uma vida extra.

Nível Especial

Tabuleta com a imagem de um ponto de exclamação. Leva o Sonic para o nível especial. Aparece quando o jogador acaba o nível com 50 anéis ou mais(lembrando que mais de 99 anéis faz com que o número volte para o 0)  .

Zonas

Zona 1Green Hill Zone

A primeira zona, super conhecida por ser também a primeira do Sonic da Sega Mega Drive.

Fácil o suficiente para se perceber a mecânica do jogo, introduzindo os gimmicks(recursos ou truques) da rampa de lançamento em que se o Sonic descer a rampa a rodopiar, é lançado para longe com o impulso, e as plataformas flutuantes com movimentos diferentes.

Os inimigos são fáceis de se evitar, desde abelhas que disparam um projéctil lento na diagonal, caranguejos que atiram dois projecteis com movimento de bomba, e um insecto que simplesmente passeia pelo chão. A esmeralda desta zona é simples de se encontrar, basta procurar.

Acto 1


Apenas correr, derrotar badniks, apanhar aneis e monitores. Facilmente se passa o acto acumulando vidas e pontuação. É um acto de velocidade com poucas armadilhas, perfeito para o jogador se habituar aos controlos.

Acto 2


Este acto passa-se dentro de uma das colinas, com muitos saltos, um nível baixo de água e bastantes molas, nada de especial. Este acto é mais para se praticar o controlo em termos de derrotar inimigos sem poder saltar, estar debaixo de água, procurar a saída e segredos também.

Acto 3


O acto começa com uma subida, que vai dar ao boss. Este boss é super fácil, deixando o jogador a pensar que o resto do jogo pode ser assim tão básico, mas não é.

Zona 2Bridge Zone


Como o nome indica, maior parte do nível situa-se em cima dum rio, andando por pontes. Aqui os gimmicks são as plataformas que caem, e as catapultas com pesos enormes de ferro que não sei como mas o Sonic consegue ser mais pesado. Outra coisa que me faz impressão neste nível é o background. Porque raio as nuvens têm as curvas de cima bem feitas e as de baixo parece que elas foram mordidas, ou que o azul do céu também é uma nuvem?

Os inimigos já são mais complicados, como um ouriço(irónico não é?) protegido com espinhos, piranhas que saltam de surpresa por debaixo das pontes e a abelha da Green Hill. Tambem existe um auto scrolling level, onde a camara está sempre a avançar e o ecrã empurra o Sonic se ele não avançar. A esmeralda já requer um pouco mais de habilidade, sendo fácil de se ver, mas um bocado difícil de se apanhar.

Acto 1


Tão simples como o primeiro acto da Green Hill Zone, apenas tem mais locais onde falhar o salto pode custar uma vida.

Acto 2

Este acto é o Auto Scrolling Level, que pode frustrar um pouco, principalmente nas zonas com plataformas que caem.

Acto 3


Este boss pode ser mais dificil, principalmente sem uma boa estrategia. Ele sai num dos poços de agua, e dependendo da direcção que o Sonic esteja, ele dispara 3 esferas de energia com movimento de bomba em 3 ângulos diferentes .

Zona 3Jungle Zone


Bem vindos á zona mais verde de sempre! Esta zona contém os gimmicks da rampa de lançamento e das plataformas flutuantes da Green Hill , adicionando o de troncos que descem as cataratas servindo como plataformas, e por ultimo o do tronco na agua, que quando o Sonic corre, ele roda e leva-o pelo rio sem cair.

Existem partes com água de nível baixo, que arrastam o Sonic e podem fazer com que ele caia para a sua morte. Este nível tem um Scroll up Level, em que o objectivo é subir até ao final do acto, mas por cada bocado que o Sonic suba, o fundo do ecrã sobe também e se ele cai, morre.

Os únicos inimigos novos nesta zona são os camaleões que aparecem do nada e atiram um projéctil para a direcção que estiverem virados. Esta esmeralda já é mais dificil de encontrar, requerendo que o jogador a procure mais meticulosamente por ela.

Acto 1

Saltar de bocado de terra em bocado de terra, procurando não cair. Algumas áreas são muito perigosas, principalmente as cataratas. Uma coisa que nunca percebi foi porquê que as plataformas que se movem em semi-circulo têm uma esfera como se tivesse a segurar a plataforma a uma corrente, apesar desta não aparecer, então para quê meter lá a bola? Tentativa falhada de fazer o jogo ter mais “lógica”.

Acto 2


Este é o acto do Scroll Up, em que o objectivo é chegar ao topo das cataratas. A coisa mais chata neste nível é falhar um salto sem querer.

Acto 3


O acto começa com o Sonic a subir as vinhas, depois encontra o boss numa vinha em forma de taça. O padrão dele é simples como todos os anteriores. Ele voa, descendo um pouco nas pontas da vinha e deixa cair uma bomba, que rola pela vinha até parar e explodir. Devido á programação simples, o fumo das explosões tambem causa dano, e como o fumo dura um bom bocado a desaparecer, torna o boss um pouco mais difícil.

Zona 4Labyrinth Zone


Se repararem, o mapa mudou para a fábrica do Dr. Robotnik. Este nível também aparece no Sonic da Sega Mega Drive, e é conhecido por ser o nível da água. Maior parte deste nível passa-se debaixo de água, onde o Sonic tem de procurar oxigénio ocasionalmente, saindo da água ou respirando as bolhas grandes que saem do chão em pontos especificos, senão começa uma contagem que quando chega a zero, o Sonic afoga-se.

Os Gimmicks deste nível alem das bolhas são as correntes de água que empurram o Sonic como se ele estivesse num escorrega, plataformas que quando pisadas, sobem e levam-no a locais demasiado altos ou então contra espinhos, e um botão especial que faz algo a um determinado monitor. De resto só imensas armadilhas desde bolas com espinhos que rodam á volta de uma esfera(outra daquelas correntes invisíveis) , lanças que sobem do chão a dados intervalos, cabeças de pedra que cospem projecteis e muitos, muitos picos.

Os inimigos são todos novos, começando com uma esfera voadora com pequenas bolas de picos a voar á sua volta. Quando o Sonic se aproxima ela solta os picos e torna-se vulnerável. O segundo é uma toupeira que sai do chão sem que o Sonic se aperceba e depois começa a andar pela zona. A esmeralda é um desafio, fácil de se encontrar mas difícil de se apanhar se não se souber como.

Acto 1


Este acto é uma iniciação ao sistema de nível “labirinto subaquático”. Pode ser complicado se o jogador arriscar muito com o tempo de oxigénio.

Acto 2


Este acto é similar ao primeiro, apenas mais longo e difícil.

Acto 3


Este nível tem algo que eu acho estúpido. Os actos anteriores passam-se com um medo enorme do jogador que a personagem fique sem oxigénio e perca vidas, mas este acto é passado todo debaixo de água e ele não precisa de respirar, sem qualquer explicação para esse fenómeno… Continuando, o boss deste nível tem duas maneiras de atacar. A primeira consiste no Robotnik aparecer do abismo no meio da “arena” e disparar uma esfera de energia com movimento de bomba na direcção do Sonic. A segunda maneira consiste nele descer desde um dos buracos do tecto, e lançar um torpedo que segue a posição do Sonic sem recuar. Não é muito complicado, mas pode custar vidas se o jogador for ganancioso e quiser dar pancadas a mais.

Zona 5Scrap Brain Zone

A ultima zona do Sonic da Sega Mega Drive, mas neste jogo é a penúltima zona. O nível é baseado em andar á procura da saida, abrindo portas e encontrando caminhos alternativos.

Os gimmicks desta zona são portas que abrem dependendo de onde o Sonic lhes toca, portas trancadas que precisam que se carregue num botão para abrir, tele-transportes que levam para locais variados, múltiplos locais com entradas diferentes, e tapetes rolantes. As armadilhas variam desde esferas que soltam electricidade, lança-chamas no tecto, lançadores de bolas de fogo e abismos.

Os inimigos são lagartas protegidas com espinhos e porcos que lançam bombas saltitonas. A esmeralda está super bem escondida e é preciso procurar mesmo bem para a encontrar.

Acto 1


Muito directo, mostrando alguns dos gimmicks, armadilhas e inimigos da zona. Não possui a vertente de labirinto.

Acto 2


Este já é mais complicado, pois o jogador precisa de andar de um lado para o outro para abrir portas, teleportar para sítios diferentes e encontrar a saída enquanto evita bastantes armadilhas. É um acto um pouco chato com um nível moderado de dificuldade.

Acto 3


Este acto é igual ao segundo, excepto que no final há uma pequena surpresa. Já agora faço uma pergunta. porque raio é que dizem que o Sonic é o ser mais rápido se o Robotnik consegue sempre correr mais rápido que ele? Nunca percebi essa lógica, a sério…

Zona 6Sky Base Zone

Ultima zona do jogo, e por isso não tem complicações, apenas tem dificuldade. Os gimmicks apresentados são as plataformas flutuantes que param de se mexer quando o Sonic sai de cima delas. Quanto a armadilhas, este nível está carregado delas, desde raios que são horizontais ou verticais, dependendo de onde estão as jóias(penso que sejam os condutores) , canhões fixos na diagonal, canhões que rodopiam, uma parede de espinhos que persegue o Sonic, hélices que agem como serras e finalmente os canhões principais da nave que disparam balas gigantes.

Os unicos badniks existentes são as esferas com bolas de picos á volta, mas desta vez elas não as disparam, tornando-as invencíveis, e umas bombas que quando o Sonic se aproxima, elas explodem e soltam duas esferas de energia com movimento de bomba para cada lado. A esmeralda está bem á vista, mas apanhá-la é bem diferente, pois basta um erro e o jogador tem de perder uma vida se quiser tentar apanhá-la.

Acto 1

Local similar ao primeiro acto da Jungle Zone, excepto que aqui existem canhões a disparar contra o Sonic, e trovões que aparecem em intervalos fixos.

Acto 2


Zona que apenas contém armadilhas e nenhum anel para proteger o Sonic. É a zona mais difícil do jogo, mas também pode ser a mais fácil graças a um segredo…

Acto 3


O boss final. A batalha começa com um padrão simples. Duas maquinas, uma no tecto e outra no chão, criam uma barreira de electricidade enquanto uma coisa esquisita tipo vortex dispara bolas de fogo que vão para onde o Sonic estiver. Eventualmente o Robotnik muda o padrão da barreira para dificultar a tarefa.

Final


A cutscene final tem um momento extra, dependendo se o Sonic tiver todas as Esmeraldas do Caos ou não. Depois disto há uma contagem de pontos e por fim aparecem os créditos com o Sonic a segurar um microfone ao lado. Um final simples que não é chato nem daqueles finais que o jogador fica “é só isto?” .

Special Stage

O jogador vai para o nível especial sempre que acaba um acto com 50 aneis ou mais. Neste nível o jogador pode apanhar anéis para aumentar a pontuação, apanhar monitores com vidas ou com continues, tudo isto dentro dum pequeno limite de tempo para chegar á tabuleta(esta tabuleta não dá bónus como as de final de acto).

Existem 4 níveis bónus diferentes, com um gimmick diferente menos o terceiro. O primeiro apresenta as molas, que dependendo da cor atiram o Sonic mais alto, e varas que o empurram, tremendo o ecrã. O segundo nível contém bumpers e uns círculos com uma estrela no centro que se portam como as varas. O terceiro é como o primeiro mas com o tecto menos alto e com os gimmicks de ambos os níveis anteriores. E o ultimo é uma queda constante que contem o gimmick final, flippers (aquelas coisas das maquinas de pinball, que atiram a bola para cima quando carregamos no botão). Depois de se acabar esses 4, volta-se ao primeiro mas é introduzido um gimmick novo, uma plataforma que se mexe para a esquerda e para a direita e actua como os bumpers, ou seja, para ser mais difícil acabar o nível a tempo. Os níveis especiais são uma optima maneira de ganhar vidas e a única de receber continues.

Música

O jogo tem óptimas músicas, compostas por Masato Nakamura e Yuzo Koshiro, duas delas sendo versões 8 Bit das do Sonic da Sega Mega Drive, como a do ecrã de titulo e a da Green Hill Zone, mas o resto é tudo diferente. As músicas todas ficam bem com os seus ambientes, ao ponto de eu preferir as deste jogo para as zonas Labyrinth e Scrap Brain(a minha favorita) , em vez das suas versões 16 Bit, contudo a música do Scrap Brain deste jogo não ficaria tão bem no nível da Sega Mega Drive por este ter uma maneira de se jogar diferente do nível deste jogo. A música de boss é cómica, dando um aspecto cómico ao vilão, mas tira a seriedade que ele devia mostrar mais para frente do jogo, por evoluir em termos de dificuldade. Em vez de um medley de todas as músicas como na Sega Mega Drive, a música dos créditos deste jogo é completamente original.

Aqui estão alguns links para verificarem as diferenças:

Opinião Pessoal

Eu amo este jogo porcausa da nostalgia que me traz, pois foi o primeiro jogo que joguei, tinha eu 5 anos de idade.

O jogo não é nada de complexo e difícil, porque o jogador consegue acabá-lo facilmente perdendo apenas algumas vidas se for novato. Os níveis estão bem estruturados e não tão frustrantes como muitos jogos de plataformas daquela época, pois estes não são muito difíceis ou confusos.

Gostava que os bosses dessem mais luta, até porque cada nível de boss contém uma vida escondida, assim se o jogador perder uma vida a compreender o padrão de ataque, pode recupera-la e depois matar o boss á vontade.

Não tem glitches que estraguem a experiência, mas há alturas que penso que houve preguiça, como o primeiro acto do Scrap Brain, que é demasiado rápido e fácil, mas no entanto tem espaço para mais coisas, ou o facto de não explicarem porque raio o Sonic consegue respirar debaixo de água no acto 3 da Labyrinth Zone. As músicas encaixam perfeitamente, sendo praticamente todas muito boas e não enervam o jogador, e os efeitos especiais são compreensíveis e nada confusos.

A arte é muito boa, nada se mistura no background ou parece o que não é, apesar daquela história das esferas que seguram as bolas de picos ou as plataformas que se movem em semi-circulo, nunca vou compreender porque as meteram ali, mas também não incomoda o fluir do jogo.

O final não deixa nada a desejar, o facto até de haver finais diferentes é muito bom para um jogo tão antigo, e os créditos são divertidos, apesar de lentos a passar.

Este jogo demonstra algo sobre a consola, as suas óptimas capacidades, desperdiçadas por maus negócios, pois a Sega Master System podia ter feito muito melhor que a Nintendo Entertainment System, e acabou por falhar nesse aspecto, com apenas um punhado de jogos aceitáveis.

Quanto á versão Sega Game Gear deste jogo, um dia faço uma review dela e meto as diferenças que tem em relação a esta versão(esse dia será quando eu comprar uma Sega Game Gear e o jogo).

Aqui está a minha review do jogo Sonic the Hedgehog para a Sega Master System. Espero que tenham gostado, pois é a minha primeira review e eu quero agradar aos leitores. Espero também que tenha sido informativa e que tenha despoletado interesse no jogo, afim de o experimentarem. Aconselho apenas a jogarem o jogo no hardware original, para a experiência máxima que o jogo pode dar, acreditem que vale a pena.

Por favor, qualquer critica que tiverem quanto à minha escrita, erros, falta de informação e etc. , coloquem nos vossos comentários a fim de melhorar as minhas capacidades como reviewer. Agradecimentos adiantados a todos.

Agradecimento á Raquel Mendes, que me ajudou na edição do texto, na edição das imagens e mais uma vez, com o design deste blog. Vejam o blog dela! – > http://otakumakeupgames.blogspot.com/

Até á próxima review! Later people! Cumprimentos!


Publicado em Reviews, Sega Master System | Deixe o seu comentário

Bem Vindos!

Bem vindos ao Jogos do Bufo, um blog criado para os fãs de videojogos, tanto recentes como novos, que procuram informações sobre jogos que poderiam gostar e jogar.

Farei reviews de jogos pouco conhecidos e jogos “underground”, ignorados por muita gente por estarem sempre a olhar para o que sai regularmente, como jogos super famosos estilo Final Fantasy, Call of Duty, Pro Evolution Soccer, entre outros.

Farei reviews de franchises conhecidas, mas de jogos que muitos nunca tocaram ou se for preciso nunca ouviram falar, por serem considerados “falhanços” ou algo do género.

Todas as minhas reviews serão feitas depois de acabar o jogo em questão, sem truques, no Hardware real, assim terei detalhes concretos e não alterados por causa das opções dos emuladores.

O tamanho das minhas reviews será moderado, pois vou mostrar vários detalhes do jogo, como se joga, o que aparece, como se controla, informações sobre áreas para demonstrar a dificuldade, tudo isto sem fazer grandes “spoilers”, assim os jogadores podem aprender sobre o jogo sem terem as surpresas estragadas.

Sobre mim… Chamo-me Marcelo Simões, tenho 22 anos, moro na Tapada das Mercês e o meu objectivo em termos de gaming, é ter uma colecção de jogos imensa, desde as primeiras gerações até ás mais recentes, coleccionando todos os jogos que eu gostar de jogar, e alguns que terei apenas por serem “lendas” ou de franchises que eu adore.

Para lerem as minhas reviews carreguem no botão “reviews” debaixo do banner e escolham o sistema pretendido.

Aqui está a primeira review, espero que gostem -> http://jogosdobufo.wordpress.com/2011/02/27/sega-master-system-review-sonic-the-hedgehog/

Para saberem o que tenho , aqui está o meu Backloggery  com todos os jogos que possuo e os que já acabei e os que completei. – http://www.backloggery.com/main.php?user=omegamarcus

Agradecimentos à Raquel Mendes, pelo optimo Design do Blog, incluindo o banner, pela inspiração e força dada para fazer este projecto e por me ajudar nos posts das reviews, incluindo edição de imagens e texto.  Aqui está o blog dela -> http://otakumakeupgames.blogspot.com

Publicado em Intro | Deixe o seu comentário